História e Oração a São Marcos Evangelista




No dia 25 de abril celebramos São Marcos, o Evangelista. Marcos não foi um dos apóstolos de Jesus, o que surpreende muita gente, pois ao abrirmos a Bíblia Sagrada encontramos o Evangelho segundo São Marcos como segundo livro do Novo Testamento.

Alguns pesquisadores concluem que São Marcos era um daqueles que acompanhou Jesus em sua caminhada após ser capturado no Getsêmani. O que se tem certeza é que São Marcos foi um seguidor de São Paulo e o acompanhou em algumas viagens, como a Chipre e Roma. Inclusive São Paulo faz referência a Marcos na sua Segunda Carta a Timóteo. Em Roma estabeleceu-se como discípulo de São Pedro.

São Marcos morreu martirizado na cidade de Alexandria no Egito, no dia 24 de abril ele foi capturado pelos pagãos, amarram-lhe uma corda no pescoço e arrastaram pelas ruas da cidade, após um dia na prisão, não suportou as dores da tortura e faleceu em 25 de abril, provavelmente entre os anos de 68 a 72. Em 828 seu corpo que lá permanecia em repouso foi usurpado e trazido para Veneza, onde permanece até hoje na Basílica de São Marcos.

Outra curiosidade é o significado do leão alado (com asas) que aparece ao lado de São Marcos em suas imagens.

Cada um dos quatro evangelistas tem um símbolo, a primeira referência bíblica que faz referência a estes símbolos e depois atribuídos aos evangelistas, está no Livro de Ezequiel, e posteriormente citado por São João no Livro do Apocalipse.

A São Marcos foi atribuído o símbolo do leão, pois o seu Evangelho inicia-se com São João Batista, uma voz que brada (o rugido do leão) no deserto, o seu Evangelho ainda destaca Cristo como o Rei do Universo, Ressuscitado reina sobre nós. Posteriormente o leão alado foi adotado como símbolo da antiga República de Veneza, mais conhecida como Sereníssima, a qual tinha grande veneração a São Marcos adotando-o como padroeiro.

ORAÇÕES A SÃO MARCOS

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo, que deu a seu discípulo Marcos a graça do apostolado cristão e a narração do seu Santo Evangelho. São Marcos, rogai por nós, para que sejamos iluminados pela força do Evangelho. Amém!

Deus Eterno e Todo Poderoso, nós vos pedimos as bençãos e graças necessárias, para a nossa Salvação, pela intercessão poderosíssima do evangelista São Marcos. Tudo isto vos pedimos Pai Celeste, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, na Unidade do Espírito Santo. Amém!




Quando termina a Páscoa?





A Páscoa é a festa mais importante do Cristianismo, pois é a celebração da consumação da missão salvífica de Jesus Cristo nesta terra, por sua Paixão, Morte e Ressurreição Jesus realiza em plenitude o plano de salvação do Pai, sendo transmitida a continuidade desta missão salvífica, a partir da ressurreição, aos apóstolos. Por essa razão a Igreja celebra a Páscoa durante oito dias consecutivos, são oito dias como se fosse um único e grandioso dia, é uma forma de podermos saborear com mais tempo o dia da nossa salvação. Portanto, depois da Vigília Pascal a Páscoa prossegue até o domingo da Divina Misericórdia. A estes oitos dias chamamos de Oitava da Páscoa.

E o Tempo Pascal prossegue ainda por mais sete domingos, até o dia da Ascensão do Senhor, no oitavo domingo celebramos a festa de Pentecostes, a vinda do Paráclito sobre os apóstolos, Força para continuarem a missão de propagadores do projeto de salvação do Pai através da Igreja de Cristo.

Quero deixá-los agora com a minha mensagem de uma feliz Páscoa, onde comento um pouco mais sobre esta missão que continua em nossas mãos pela sucessão apostólica transmiida por Cristo e realizada pela Força do Espírito Santo.



RECOMENDADO PARA VOCÊ


VÍDEOS RECOMENDADOS PARA VOCÊ, ASSISTA!




Evangelho: Bendito o rei, que vem em nome do Senhor!

DOMINGO DE RAMOS
14.04.2019 ~ COR VERMELHA ~ ANO C





EVANGELHO DA PROCISSÃO DE ENTRADA (Lc 19,28-40)

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas:

Naquele tempo, 28Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém.

29Quando se aproximou de Betfagé e Betânia, perto do monte chamado das Oliveiras, enviou dois de seus discípulos, dizendo:

30“Ide ao povoado ali na frente. Logo na entrada encontrareis um jumentinho amarrado, que nunca foi montado. Desamarrai-o e trazei-o aqui.

31Se alguém, por acaso, vos perguntar: ‘Por que desamarrais o jumentinho?’, respondereis assim: ‘O Senhor precisa dele’”.

32Os enviados partiram e encontraram tudo exatamente como Jesus lhes havia dito.

33Quando desamarravam o jumentinho, os donos perguntaram: “Por que estais desamarrando o jumentinho?”

34Eles responderam: “O Senhor precisa dele”.

35E levaram o jumentinho a Jesus. Então puseram seus mantos sobre o animal e ajudaram Jesus a montar.

36E enquanto Jesus passava, o povo ia estendendo suas roupas no caminho.

37Quando chegou perto da descida do monte das Oliveiras, a multidão dos discípulos, aos gritos e cheia de alegria, começou a louvar a Deus por todos os milagres que tinha visto.

38Todos gritavam: “Bendito o rei, que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas alturas!”

39Do meio da multidão, alguns dos fariseus disseram a Jesus: “Mestre, repreende teus discípulos!”

40Jesus, porém, respondeu: “Eu vos declaro: se eles se calarem, as pedras gritarão”.

Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor!

ENTENDA QUANDO VOCÊ PODE COMER CARNE NA QUARESMA

PRIMEIRA LEITURA (Is 50,4-7)

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

O Senhor Deus deu-me língua adestrada, para que eu saiba dizer palavras de conforto à pessoa abatida; ele me desperta cada manhã e me excita o ouvido, para prestar atenção como um discípulo. O Senhor abriu-me os ouvidos; não lhe resisti nem voltei atrás. Ofereci as costas para me baterem e as faces para me arrancarem a barba; não desviei o rosto de bofetões e cusparadas. Mas o Senhor Deus é meu Auxiliador, por isso não me deixei abater o ânimo, conservei o rosto impassível como pedra, porque sei que não sairei humilhado.

Palavra do Senhor.
Graças a Deus!

SALMO RESPONSORIAL (Sl 21)

Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes?
Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes?

Riem de mim todos aqueles que me veem, torcem os lábios e sacodem a cabeça: 'Ao Senhor se confiou, ele o liberte e agora o salve, se é verdade que ele o ama!'.

Cães numerosos me rodeiam furiosos, e por um bando de malvados fui cercado.Transpassaram minhas mãos e os meus pés e eu posso contar todos os meus ossos. Eis que me olham e, ao ver-me, se deleitam!

Eles repartem entre si as minhas vestes e sorteiam entre si a minha túnica.Vós, porém, ó meu Senhor, não fiqueis longe, ó minha força, vinde logo em meu socorro!

Anunciarei o vosso nome a meus irmãos e no meio da assembleia hei de louvar-vos! Vós que temeis ao Senhor Deus, dai-lhe louvores, glorificai-o, descendentes de Jacó, e respeitai-o toda a raça de Israel!


SEGUNDA LEITURA (Fl 2,6-11)

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses:

Jesus Cristo, existindo em condição divina, não fez do ser igual a Deus uma usurpação, mas ele esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e tornando-se igual aos homens. Encontrado com aspecto humano, humilhou-se a si mesmo, fazendo-se obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso, Deus o exaltou acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo nome. Assim, ao nome de Jesus, todo joelho se dobre no céu, na terra e abaixo da terra, 11e toda língua proclame : 'Jesus Cristo é o Senhor', para a glória de Deus Pai.

Palavra do Senhor.
Graças a Deus!



EVANGELHO (Lucas 23,1-49)

Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo + segundo Lucas.

Naquele tempo, 1toda a multidão se levantou e levou Jesus a Pilatos. 2Começaram então a acusá-lo, dizendo:

“Achamos este homem fazendo subversão entre o nosso povo, proibindo pagar impostos a César e afirmando ser ele mesmo Cristo, o Rei”.

3Pilatos o interrogou:

“Tu és o rei dos judeus?”

Jesus respondeu, declarando:

“Tu o dizes!”

4Então Pilatos disse aos sumos sacerdotes e à multidão:

“Não encontro neste homem nenhum crime”.

5Eles, porém, insistiam:

“Ele agita o povo, ensinando por toda a Judeia, desde a Galileia, onde começou, até aqui”.

6Quando ouviu isto, Pilatos perguntou:

“Este homem é galileu?”

7Ao saber que Jesus estava sob a autoridade de Herodes, Pilatos enviou-o a este, pois também Herodes estava em Jerusalém naqueles dias. 8Herodes ficou muito contente ao ver Jesus, pois havia muito tempo desejava vê-lo. Já ouvira falar a seu respeito e esperava vê-lo fazer algum milagre. 9Ele interrogou-o com muitas perguntas. Jesus, porém, nada lhe respondeu.

10Os sumos sacerdotes e os mestres da Lei estavam presentes e o acusavam com insistência. 11Herodes, com seus soldados, tratou Jesus com desprezo, zombou dele, vestiu-o com uma roupa vistosa e mandou-o de volta a Pilatos. 12Naquele dia Herodes e Pilatos ficaram amigos um do outro, pois antes eram inimigos.

13Então Pilatos convocou os sumos sacerdotes, os chefes e o povo, e lhes disse:

14“Vós me trouxestes este homem como se fosse um agitador do povo. Pois bem! Já o interroguei diante de vós e não encontrei nele nenhum dos crimes de que o acusais; 15nem Herodes, pois o mandou de volta para nós. Como podeis ver, ele nada fez para merecer a morte. 16Portanto, vou castigá-lo e o soltarei”.

18Toda a multidão começou a gritar:

“Fora com ele! Solta-nos Barrabás!”

18Barrabás tinha sido preso por causa de uma revolta na cidade e por homicídio.20Pilatos falou outra vez à multidão, pois queria libertar Jesus. 21Mas eles gritaram:

“Crucifica-o! Crucifica-o!”
22E Pilatos falou pela terceira vez:

“Que mal fez este homem? Não encontrei nele nenhum crime que mereça a morte. Portanto, vou castigá-lo e o soltarei”.

23Eles, porém, continuaram a gritar com toda a força, pedindo que fosse crucificado. E a gritaria deles aumentava sempre mais. 24Então Pilatos decidiu que fosse feito o que eles pediam. 25Soltou o homem que eles queriam — aquele que fora preso por revolta e homicídio — e entregou Jesus à vontade deles.

26Enquanto levavam Jesus, pegaram um certo Simão, de Cirene, que voltava do campo, e impuseram-lhe a cruz para carregá-la atrás de Jesus. 27Seguia-o uma grande multidão do povo e de mulheres que batiam no peito e choravam por ele. 28Jesus, porém, voltou-se e disse:

“Filhas de Jerusalém, não choreis por mim! Chorai por vós mesmas e por vossos filhos! 29Porque dias virão em que se dirá: ‘Felizes as mulheres que nunca tiveram filhos, os ventres que nunca deram à luz e os seios que nunca amamentaram’. 30Então começarão a pedir às montanhas: ‘Cai sobre nós! e às colinas: ‘Escondei-nos!’ 31Porque, se fazem assim com a árvore verde, o que não farão com a árvore seca?”

32Levavam também outros dois malfeitores para serem mortos junto com Jesus.33Quando chegaram ao lugar chamado “Calvário”, ali crucificaram Jesus e os malfeitores: um à sua direita e outro à sua esquerda. 34Jesus dizia:

“Pai, perdoa-lhes! Eles não sabem o que fazem!”

Depois fizeram um sorteio, repartindo entre si as roupas de Jesus. 35O povo permanecia lá, olhando. E até os chefes zombavam, dizendo:

“A outros ele salvou. Salve-se a si mesmo, se, de fato, é o Cristo de Deus, o Escolhido!”

36Os soldados também caçoavam dele; aproximavam-se, ofereciam-lhe vinagre,37e diziam:

“Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo!”

38Acima dele havia um letreiro:

“Este é o Rei dos Judeus”.

39Um dos malfeitores crucificados o insultava, dizendo:

“Tu não és o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós!”

40Mas o outro o repreendeu, dizendo:

“Nem sequer temes a Deus, tu que sofres a mesma condenação? 41Para nós, é justo, porque estamos recebendo o que merecemos; mas ele não fez nada de mal”.

42E acrescentou:

“Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reinado”.

43Jesus lhe respondeu:

“Em verdade eu te digo: ainda hoje estarás comigo no Paraíso”.

44Já era mais ou menos meio-dia e uma escuridão cobriu toda a terra até as três horas da tarde, 45pois o sol parou de brilhar. A cortina do santuário rasgou-se pelo meio,46e Jesus deu um forte grito:
“Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito”.

Dizendo isso, expirou.

47O oficial do exército romano viu o que acontecera e glorificou a Deus, dizendo:

“De fato! Este homem era justo!”

48E as multidões, que tinham acorrido para assistir, viram o que havia acontecido e voltaram para casa, batendo no peito. 49Todos os conhecidos de Jesus, bem como as mulheres que o acompanhavam desde a Galileia, ficaram a distância, olhando essas coisas.

Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor!


ASSISTA ESTA REFLEXÃO SOBRE AS COISAS QUE NOS AFASTAM DE DEUS

ENTENDA QUANDO VOCÊ PODE COMER CARNE NA QUARESMA

Oração pedindo a benção de Aparecida para sua casa




Ó Senhora da Conceição Aparecida, nossa Rainha e bondosa Mãe, abençoai esta nossa casa, amparai nossa família e livrai todos os que aqui habitam, de todos os males, das doenças, dos acidentes, de todos os perigos que possam afligir o nosso corpo e a nossa alma.


Fazei reinar aqui a concórdia, a união, o respeito. Ao vosso coração imaculado consagramos nossa família. Seja esta casa como a casa de Nazaré, um lugar de paz, alegria e felicidade. Todos aqui cumpram a vontade de Deus, pela oração diária e leitura da Palavra do Senhor, pela Missa de cada domingo e por uma vida de amor e caridade. Ó Virgem Maria, Senhora nossa, fazei com que um dia este lar, que na terra a vós pertence, seja reconstituído no céu onde será nossa eterna morada.

Protegei-nos
Guardai-nos
Iluminai-nos

Amém!




VÍDEOS RECOMENDADOS PARA VOCÊ, ASSISTA!






Evangelho do Dia: Quem não tem pecado atire a primeira pedra!


5º DOMINGO DA QUARESMA
07.04.2019 ~ COR ROXA ~ ANO C




PRIMEIRA LEITURA (Is 43,16-21)

Leitura do livro do profeta Isaías:

16Isto diz o Senhor, que abriu uma passagem no mar e um caminho entre águas impetuosas; 17que pôs a perder carros e cavalos, tropas e homens corajosos; pois estão todos mortos e não ressuscitarão, foram abafados como mecha de pano e apagaram-se: 18“Não relembreis coisas passadas, não olheis para fatos antigos.

19Eis que eu farei coisas novas e que já estão surgindo: acaso não as reconheceis? Pois abrirei uma estrada no deserto e farei correr rios na terra seca.

20Hão de glorificar-me os animais selvagens, os dragões e os avestruzes, porque fiz brotar água no deserto e rios na terra seca para dar de beber a meu povo, a meus escolhidos. 21Este povo, eu o criei para mim e ele cantará meus louvores”.

Palavra do Senhor.
Graças a Deus!


RESPONSÓRIO (Sl 125)

Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!
Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!

Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,/ parecíamos sonhar;/ encheu-se de sorriso nossa boca,/ nossos lábios, de canções.

Entre os gentios se dizia: “Maravilhas/ fez com eles o Senhor!”/ Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,/ exultemos de alegria!

Mudai a nossa sorte, ó Senhor,/ como torrentes, no deserto./ Os que lançam as sementes entre lágrimas/ ceifarão com alegria.

Chorando de tristeza sairão,/ espalhando suas sementes;/ cantando de alegria voltarão,/ carregando os seus feixes!


SEGUNDA LEITURA (Fl 3,8-14)

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses:

Irmãos: 8Na verdade, considero tudo como perda diante da vantagem suprema que consiste em conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele eu perdi tudo. Considero tudo como lixo, para ganhar Cristo e ser encontrado unido a ele, 9não com minha justiça provindo da Lei, mas com a justiça por meio da fé em Cristo, a justiça que vem de Deus, na base da fé.

10Esta consiste em conhecer a Cristo, experimentar a força de sua ressurreição, ficar em comunhão com os seus sofrimentos, tornando-me semelhante a ele na sua morte, 11para ver se alcanço a ressurreição dentre os mortos. 12Não que já tenha recebido tudo isso ou que já seja perfeito. Mas corro para alcançá-lo, visto que já fui alcançado por Cristo Jesus.

13Irmãos, eu não julgo já tê-lo alcançado. Uma coisa, porém, eu faço: esquecendo o que fica para trás, eu me lanço para o que está na frente. 14Corro direto para a meta, rumo ao prêmio, que, do alto, Deus me chama a receber em Cristo Jesus.

Palavra do Senhor.
Graças a Deus!

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE ASSISTIR ESTE VÍDEO!


✿ LEIA TAMBÉM: O QUE É SEMANA SANTA?

EVANGELHO (Jo 8,1-11)

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João:

Naquele tempo, 1Jesus foi para o monte das Oliveiras. 2De madrugada, voltou de novo ao Templo. Todo o povo se reuniu em volta dele. Sentando-se, começou a ensiná-los.

3Entretanto, os mestres da Lei e os fariseus trouxeram uma mulher surpreendida em adultério. Colocando-a no meio deles, 4disseram a Jesus: “Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério. 5Moisés, na Lei, mandou apedrejar tais mulheres. Que dizes tu?”

6Perguntavam isso para experimentar Jesus e para terem motivo de o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, começou a escrever com o dedo no chão. 7Como persistissem em interrogá-lo, Jesus ergueu-se e disse: “Quem dentre vós não tiver pecado, seja o primeiro a atirar-lhe uma pedra”. 8E, tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão.

9E eles, ouvindo o que Jesus falou, foram saindo um a um, a começar pelos mais velhos; e Jesus ficou sozinho, com a mulher que estava lá, no meio do povo.

10Então Jesus se levantou e disse: “Mulher, onde estão eles?” Ninguém te condenou?”

11Ela respondeu: “Ninguém, Senhor”. Então Jesus lhe disse: “Eu também não te condeno. Podes ir, e de agora em diante não peques mais”.

Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor!




VÍDEOS RECOMENDADOS PRA VOCÊ


Oração Especial pedindo uma Graça e Proteção para o Mês de Abril




RECOMENDADO PARA VOCÊ



Senhor Jesus, sabemos que o seu tempo é diferente do nosso, mas em nosso calendário é o mês de Abril.
Mês dedicado a Eucaristia e ao Divino Espírito Santo, mês em que celebramos o ápice de nossa fé, a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor.
Mês em que veneramos os mártires São Marcos Evangelista, São Jorge e Santo Expedito, dentre outros santos e santas de Deus.


O inicio de um novo mês, representa para nós o tempo de renovação das esperanças e da nossa Fé, é tempo de esquecer os problemas passados e recomeçar.

É tempo também de agradecer por tudo de bom que aconteceu nos dias que se passaram. É tempo de dizer Obrigado Senhor por tudo de bom que aconteceu e até mesmo, obrigado pelas experiências mais dolorosas que superamos com a tua força, Senhor!

Eis que um novo mês se inicia, e para este mês pedimos a tua Graça, a tua compaixão e a tua força, Senhor.

Neste mês, em especial, queremos morrer com Jesus para tudo aquilo que nos afasta Dele e renascer no seu amor, na caridade, no perdão, na oração e na vida plena que só o Senhor pode nos dar!
Vem Senhor Jesus em nosso socorro, não permitais que este mês seja de lamentos, mas que sejam dias de alegria e de paz.
Que a tua Luz se faça resplandecer neste mês que agora começa e que a tua Glória sempre esteja presente em nossa vida!

Nós te agradecemos e louvamos por este mês que agora começa, sempre na certeza de que estará conosco todos os dias, até o fim dos tempos!

Derramai tua benção sobre estes dias que seguirão, sobre nossa vida, a vida de nossos amigos e familiares.

Protegei-nos, abençoai-nos, e se for de Tua vontade concedei a graça que mais precisamos para este mês (fale agora graça que deseja alcançar!).

Assim espero, assim seja. Amém!

Pai Nosso...

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo...

Por Laudenir Ramos




RECOMENDADO PARA VOCÊ