LULA errou na Frase, mas acertou no Conteúdo




Durante uma entrevista online o ex-presidente Lula, de uma forma simplificada, exclamou:

"Ainda bem que a natureza criou esse monstro chamado coronavírus para que as pessoas percebam que apenas o Estado é capaz de dar a solução, somente o Estado pode resolver isso".

É claro, que focando apenas na exclamação "ainda bem" ficamos extremamente espantados, Lula foi infeliz ao se expressar desta forma, mas desde o início, eu pensei exatamente como Lula.

CALMA, vamos entender melhor!


O que Lula realmente quis dizer é que FOI PRECISO surgir uma pandemia para grande parte do povo brasileiro acordar para a realidade e perceber qual é a verdadeira índole daquele que está no comando do Brasil em Brasília.

Foi preciso surgir esta pandemia para as pessoas reconhecerem a importância do SUS, um sistema centralizado e ordenado de saúde que defina as diretrizes para todo o Brasil.

Se não houvesse o SUS e a gestão da saúde fosse descentralizada, sob a responsabilidade de cada estado, o caos seria ainda maior. Foi o SUS que, mesmo diante das suas dificuldades internas causadas pelo Presidente, deu as principais diretrizes orientando a cada estado de como proceder.

Mas principalmente, Lula destacou que o COVID-19 atrapalhou os planos de governo (de destruição) de Bolsonaro, onde além das descentralizações, incluía muitas privatizações com o pretexto de "enxugar a máquina".

O poder do coronavírus pode ser visto não somente nas UTIs dos hospitais ou no organismo daqueles que foram contaminados, mas sim em toda a sociedade, principalmente na Economia e na Política, pois este vírus está fechando empresas, gerando mais desempregados, tornando as pessoas mais pobres, e acima de tudo, contribuindo para acabar com a carreira política de um Presidente da República.

Apesar de muitos brasileiros terem a memória fraca, serem desinformados e teimosos, o comportamento de Jair Messias Bolsonaro, diante desta pandemia, permanecerá como uma mancha negra na história do Brasil, assim como a história de corrupção de Lula.



O velho ditado já dizia que alguns aprendem por amor, mas a maioria aprende somente na dor. Que pena termos que vivenciar esta tragédia epidemiológica para cair a máscara e o povo descobrir quem é Jair Messias Bolsonaro.

Oremos para que o povo permaneça acordado em 2022 e não escolham pessoas que mantiveram relação com Lula, mas muito menos com Bolsonaro. Pois, apesar de muitos terem "desembarcados do barco", foram apenas por questões de desentendimentos internos com alguém que é insuportável, mas a ideologia, que no passado os uniu, permanece.